EUA têm recorde de mortes por overdose em ano de covid-19

EUA têm recorde de mortes por overdose em ano de covid-19

Se no Brasil as medidas de isolamento social e as incertezas a respeito da pandemia sobre o novo coronavírus fizeram com que milhares de pessoas recorressem às drogas como alternativas, em países como os Estados Unidos, não foi diferente, posto isso EUA têm recorde de mortes por overdose em ano de COVID-19.

Apesar de ser considerada a maior potência do mundo, os Estados Unidos da América é um dos países mais desenvolvidos, mas também enfrenta contrastes semelhantes aos do Brasil. Com uma disparidade de classes menor, e com uma infraestrutura básica em sua totalidade, praticamente todos os americanos têm acesso à educação básica desde a escola até o ensino médio em sua totalidade.

Além do mais, o centro da capital mundial é palco de investimento e de projetos e está sempre se moldando em prol da sua população, fazendo com que mais qualidade de vida seja ofertada aos americanos. Diferentemente daqui, ainda enfrentamos embates governamentais e de corrupção explícitos em nosso governo.

Entretanto, seja na terra do Tio Patinhas quanto na do Zé Carioca, ambos os países sofrem com níveis diferentes na intensidade e consumo de narcóticos, mas mesmo assim, há um consumo enfático nesse quesito. Durante muitos anos, o maior consumidor de cocaína do mundo era os EUA, entretanto esse número mudou em 2020 para o Brasil.

Mas mesmo assim. Os americanos ainda têm suas vilas à céu aberto no consumo de entorpecentes, assim como a cracolândia no Brasil a Skid Row, é uma área tensa e de alta periculosidade de 54 quarteirões na cidade de Los Angeles. Por lá, em torno de 4 mil pessoas vivem nas ruas, em barracas e, do mesmo jeito que aqui, se prostituem e fazem o possível e o impossível para ter a próxima dose.

Ao contrário da cracolândia brasileira, onde a droga usada aqui no Brasil é o crack, a mais comum nos arredores da Skid Row é a heroína. Entretanto, existe até uma ONG local que distribui seringas para que os usuários não as compartilhem, evitando doenças e infecções.

 

Uma dose a mais de heroína e nada de trip, é direto para o caixão

Ao contrário do consumo das drogas, os americanos têm um leque muito maior no quesito narcóticos. É praticamente um menu disponível para o consumo, como se fosse um cardápio em um restaurante. Você escolhe a sua preferida e consome. Entretanto, uma das drogas mais poderosas consumidas pela população americana de rua é a heroína, e essa é uma das mais letais que existe.

A heroína é uma droga depressora do sistema nervoso central, derivada sintéticamente da planta papoula, e é uma substância que rapidamente é levada até o cérebro pela corrente sanguínea, já que é injetada. Além do mais, deprimir rapidamente a respiração e os batimentos cardíacos ao ponto de fazer com que o corpo entre em colapso é um perigo.

Posto isso, uma observação a ser feita, é interessante ressaltar que usuários que estão a tempos sem a droga e tendem a entrar em processo de recaída, com uma dose a mais de heroína e nada de trip, é direto para o caixão. O que sustenta muito a ideia sobre a questão dos EUA têm recorde de mortes por overdose em ano de COVID-19.

Assim como no Brasil, onde o cenário da pandemia agravou consideravelmente o consumo de drogas, nos EUA a situação também se complicou. Com as medidas de isolamento e lockdown em alguns estados, contribuiu para que alguns americanos aproveitassem a oportunidade para se “presentearem” com o abuso de drogas em suas residências durante o longo tempo de isolamento.

Em média 81 mil vidas foram perdidas devido à overdoses de drogas nos Estados Unidos. Números contabilizados entre o final do ciclo, em Maio de 2020. Entretanto, os números sugerem que o aumento foi exponencial justamente na época da pandemia, entre fevereiro e maio, o que sustenta mais uma vez que EUA têm recorde de mortes por overdose em ano de COVID-19.

 

Ansiedade como um dos fatores preponderantes para a Overdose

“A ansiedade é estímulo que incita o indivíduo a entrar em ação, porém em excesso, impede reações.” – Se partimos dessa premissa, é um mecanismo natural do nosso organismo para reações rápidas que nosso corpo precisa, justamente para um reflexo e etc.

Entretanto, com muito estresse ou com comorbidades, elevar os níveis de anseio é dificultoso e pode acarretar em problemas sérios. Sendo assim, a ansiedade como um dos fatores preponderantes para overdose se faz presente, já que pessoas que estão há tempo sem a substância, podem em isolamento social, recorrer a droga com tanto ímpeto e aumentar a dose de maneira a almejar uma trip ou uma sensação mais intensa, que pode não ter mais volta.

O que infelizmente faz com que o ciclo de que uma dose a mais de heroína e nada de trip, é direto para o caixão seja mantida e todo o ciclo de mortes acarretadas por esse tipo de ansiedade crônica, seja mantido.

 

Evite a ansiedade em isolamento, não consuma drogas e não entre para as estatísticas de overdose

Para que se tenha sucesso, evite a ansiedade em isolamento, não consuma drogas e não entre para as estatísticas de overdose. Falar é fácil, fazer é difícil, mas nós do Grupo de Reabilitação sabemos da dificuldade que é ser dependente químico e alcoólico. Entendemos o desespero e a fissura pela droga durante processos de ansiedade, porém, é preciso contornar essa situação.

Existe uma maneira mais fácil, primeiramente, se você está com problemas com drogas, tem que entender que precisa de ajuda profissional, precisa de um médico. Fazer o tratamento medicamentoso ajuda muito a cessar grandes processos de abstinência e consequentemente de ansiedade, evitando quesitos como o ímpeto para usar. Além do mais, estar em casa em isolamento é interessante buscar alternativas para se ocupar:

  • Home Office

  • Manter a Casa Limpa Organizada

  • Comer Bem

  • Ter Horário e Rotina

  • Se exercitar

  • Ler um livro

  • Investir em Cursos à Distância

  • Aprender outro idioma

Fazer isso ajuda muito em manter a mente ocupada, de maneira a sanar processos ansiosos e que sustentem esse tipo de atitudes de gatilho com o ato de consumir narcótico ou bebidas alcoolicas.

Share:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.