Famosos que se recuperaram da Dependência Química

Famosos que se recuperaram da Dependência Química

A dependência química não só está associada aos mendigos e a pessoas que estão na sarjeta, infelizmente essas pessoas são parte do estágio mais avançado da doença. Mas você sabia que existem figuras icônicas que também quase perderam suas vidas devido a doença, então conheça a história de famosos que se recuperaram da dependência química.

Quando falamos que pessoas que estão nas ruas estão no estágio mais avançado, não é questão de marginalização ou falta de cuidado, mas sim que devido ao processo evolutivo da doença a pessoa acaba por largar a família em prol da doença. Se o indivíduo abandona a si mesmo porque não abandonar a família? É mais ou menos por aí.

Você já ouviu falar do Clube dos 27? É tenso, mas senta aí pra ouvir essa história bizarra de pessoas que eram famosas e que morreram no auge de suas carreiras exatamente quando estavam com 27 anos de idade. Sendo assim, ao longo desse processo de óbitos foi nascendo o clube dos 27.

Brian Jones foi o fundador do Rolling Stones e foi um estouro na época, nem precisa falar sobre isso. Era icônico, brilhante porém literalmente aderiu à um tipo de vida “sexo, drogas e rock n’ roll”. Entretanto em 3/07/1969 Brian foi encontrado morto na piscina, mas todos sabiam do seu estilo de vida um tanto quanto extravagante.

O que começou a intrigar as pessoas foi quando em 18/09/1970 foi anunciada a morte de Jimi Hendrix, outro ícone do Rock, como um dos maiores guitarristas e fundadores do Rock N’ Roll, aos 27 anos de idade. Sua morte ainda é um tanto quanto especulada, mas estima-se que Jimi morrera devido a overdose de comprimidos para dormir.

Logo em seguida, em 4/10/1970 outra notícia bombástica chocando o mundo novamente, agora era a vez de uma mulher, Janis Joplin, vocalista da Big Brother and the Holding Company, aos 27 anos de idade. Sendo assim as especulações cresciam ainda mais sobre o clube dos 27, e a morte da cantora foi a overdose pela combinação de heroína e álcool.

Passando alguns meses, em 3/07/1971 era a vez de Jim Morrison, vocalista do The Doors, com a idade de 27 anos e a causa da morte foi insuficiência cardíaca, mas a sua necrópsia nunca aconteceu para dizer mais detalhes ao público.

Depois de uma trégua, e as fofocas sobre o clubinho bizarro irem sumindo, mais outro caso. Agora o ano era 1994 e a vítima era o ícone da banda Nirvana, Kurt Cobain na mesma idade dos seus antecessores vítima de um “teórico acidente”. Ninguém sabe ao certo, mas dizem que Kurt teria se trancado e bebido e usado drogas e tido ideias suicidas, então se matou com um tiro com heroína em suas veias.

E agora para finalizar com chave de ouro, e com décadas depois de Kurt era a vez de uma das maiores divas da música de todos os tempos. Amy Winehouse que estourou com o R & B, Jazz, Soul e Ska; popularizando os hits entrando como a última para a lista do fatídico clube. Aos 27 anos, em 23/07/2011 , Amy morreu de intoxicação alcoólica.

Do luxo ao lixo mas dando a volta por cima e uma lição para quem precisa se recuperar

Falamos muito sobre o club dos 27 e de pessoas importantes que perderam a vida para as drogas mas também temos exemplos de famosos que se recuperaram da dependência química e que foram do luxo ao lixo mas dando a volta por cima e uma lição para quem precisa se recuperar, como a Demi Lovato por exemplo.

Terça feira, 24 de julho de 2018, Demi para os mais íntimos, fora internada em um hospital em L.A (Los Angeles) depois de ter sofrido uma overdose. Ela havia passado por um processo de recaída, porém estava em recuperação há seis anos e fazia o tratamento de vários problemas como transtornos mentais e alimentares, além do vício em álcool e drogas.

Todas as pessoas que são dependentes químicas e alcoólicas, estão sujeitas a procedimentos de recaídas. Esses processos, apesar de dolorosos, são comuns. Inclusive fazem parte do aprendizado no processo de recuperação.

É quando por um descuido a doença vence a pessoa, afinal todos nós estamos sujeitos à tombos na vida. Entretanto, é preciso agir rapidamente para não entrar no ciclo de uso e ir para o lixo novamente.

Mas Demi levantou a cabeça, e mais uma vez conseguiu dar a volta por cima. Entretanto, o tratamento que a cantora tem que fazer é muito mais incisivo, pois sua droga de escolha é a heroína, uma das mais perigosas que existe. Inclusive a abstinência de heroína pode levar a óbito.

Esse é um caso interessante, apesar das aprovações da vida, Demi que foi do luxo ao lixo mas dando a volta por cima e uma lição para quem precisa se recuperar, está bem e é um dos exemplos de famosos que se recuperaram da dependência química.

Não faça parte do clube fatídico mas entre pro time da recuperação

Assim como Demi, como exemplo de famosos que se recuperaram da dependência química, não faça parte do clube fatídico mas entre pro time da recuperação. As drogas, apesar de serem boas momentaneamente, ao longo do seu processo de uso, vão corroendo por dentro.

Elas destroem mentalmente e fisicamente o indivíduo e gera um desgaste familiar imensurável. Além do mais, as relações neste meio podem mudar de maneira irreversível. Posto isso, vale ressaltar que é só observar a cracolândia como exemplo. Olha a situação de miséria moral que aquelas pessoas chegaram. Entregaram suas vidas em prol da próxima dose, e você não precisa disso.

Por isso, quando a ansiedade, tristeza, dor, medo, insegurança, pensamentos negativos e o leão da dependência química tentam sair para fora, pense e não faça parte do clube fatídico mas entre pro time da recuperação falando conosco. Pense em você primeiro que o resto, as pessoas, lugares e hábitos serão consequências de suas mudanças.

Share:

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Importante: Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.