Clínicas de Recuperação Para Alcoolismo

Clínicas de Recuperação Para Alcoolismo

Muitas pessoas pesquisam clínicas de recuperação para alcoolismo quando na verdade, deveriam buscar por clínicas de recuperação para dependentes químicos. O álcool como qualquer outra substância, tem atuação em determinadas partes do cérebro, resultando em sensação de alívio e até mesmo resultando no ato de relaxar o organismo. Desta maneira, muitas pessoas que desenvolvem a dependência alcoólica estão suscetíveis a diversos problemas resultantes deste abuso recorrente.

 

Lícito & Letal

O álcool, diferentemente de outras substâncias, não age definitivamente no sistema de recompensa do cérebro. Ele, apesar de lícito, age no sistema límbico do cérebro. Sendo assim tem como principal papel, um depressor das funções cerebrais. Portanto o que muitas das pessoas desconhecem é que o álcool, caso seja ingerido em altas quantidades realmente, pode levar a pessoa a um coma alcoólico, e se a mesma não receber os devidos atendimentos hospitalares, pode vir a òbito.

Segundo as OPAS* o álcool em 2018, matou mais de 3 milhões de pessoas no Globo. Sendo que destes 3 milhões, pertencem à um total de 49% de pessoas que morreram apenas por álcool no total das overdoses registradas no mesmo ano. Ou seja, 49% das pessoas que morreram de overdose no mundo em 2018, foram por mortes relacionadas ao consumo e abuso recorrente da substância. Uma dependência que aparentemente muitas pessoas não dão a devida importância.

 

Tratamentos

Quando se está dentro de uma clínica de recuperação para alcoolismo ou dependência química, essas instituições têm como principal objetivo mapear o estado que o paciente chega dentro da instituição e como desenvolver um tratamento para resgatar as funções cognitivas que são perdidas durante o abuso recorrente do álcool. Desta maneira, terapias ocupacionais, alongamentos e exercícios físicos aeróbicos são parte do tratamento de um alcoólatra na maioria das instituições.

 

Dependente Cruzado

Normalmente existem pessoas que são dependentes químicos cruzados onde o álcool é a primeira droga motriz para começar o abuso de outra substância. Desta maneira, ambas entram no contexto da drogadicção. E as clínicas de recuperação para alcoolismo e dependência química fazem a análise necessárias para realizar a disparidade do tratamento de alcoólatras e dependentes químicos cruzados.

O tratamento de um dependente químico cruzado tem como alvo principal a droga que mais se é utilizada posteriormente à droga de entrada. Por exemplo, uma pessoa que é usuária de crack e antes de recorrer ao uso recorrente do crack utiliza álcool, ela tem de fazer o tratamento para as duas substâncias, diferentemente de um alcoólatra que recai apenas no álcool.

 

Final Feliz

Para se ter um final feliz nessa história de álcool e vidas humanas, identificar alguém sendo ele parente ou amigo relacionado ao alcoolismo pode ser um fator primordial para iniciar o tratamento de maneira adequada. Existem até pessoas que começam a ter sintomas alérgicos à substância. Aumentando a taxa de nocividade da mesma relacionada ao seu abuso recorrente.

Portanto, realizar a internação em clínicas de recuperação para alcoólatras e dependentes químicos é uma ótima e eficaz solução. Quebrar esse taboo da dependencia do alcool e da marginalização da clínica como última instância é importante para apenas uma coisa, salvar vidas e ter um final feliz.

Renan Rugolo Ré

Share:
Este site usa cookies e solicita seus dados pessoais para melhorar sua experiência de navegação.